Fábrica da Companhia Nacional de Fiação e Tecidos de Torres Novas
Foi fundada em 1845, no sítio de Santa Bárbara, à beira do Rio Almonda, a Fábrica da Companhia Nacional de Fiação e Tecidos de Torres Novas, mais conhecida por Fábrica Grande, vocacionada para a indústria de têxteis. Esta fábrica foi, durante muito tempo, uma das mais importantes unidades industriais da região, importância que se manifestou não só ao nível económico como social.

 

Casa Nery
Embora a atividade principal do concelho fosse a agricultura, a vila de Torres Novas era já no final do séc. XIX um importante centro industrial. A indústria ocupava cerca de 2300 pessoas, distribuídas por diversos sectores: têxtil, papel, metalúrgico, curtumes e destilação. A Fábrica de Fundição e Serralharia Mecânica de José da Costa Nery foi fundada em 1855. Atualmente a empresa chama-se Ipiac Nery e está integrada no grupo italo-espanhol A. Putin. Como consequência desta fusão a Ipiac Nery estabeleceu contactos com novos clientes não só em Portugal, onde é líder, mas em todo o mundo.

 

José da Costa Nery
José da Costa Nery nasceu em Torres Novas a 7 de Março de 1868. Filho de José da Costa Nery (fundador da Metalúrgica Costa Nery), fez a instrução primária em Torres Novas e seguiu para o Colégio de S. Fiel no distrito de Castelo Branco. Concluiu depois o curso de Teologia no seminário de Santarém e dedicou-se, depois, ao ensino da Matemática. Anos depois veio a concluir o curso de Medicina, em Lisboa. Exerceu a sua profissão de médico em Lisboa, tendo tido um importante papel nas áreas de tratamento da sífilis e tuberculose. Morreu no dia 12 de Novembro de 1960.

 

 

Distância: 3500 metros Velocidade média 1 m/s Tempo do percurso 58 minutos | Download